Autor Tópico: [SAÚDE] Andar de Bicicleta pode causar impotência?  (Lida 4967 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Biculas

  • Sonha com o Projecto
  • *****
  • Mensagens: 3179
  • Karma: +95/-3
  • Sexo: Masculino
[SAÚDE] Andar de Bicicleta pode causar impotência?
« em: 26 de Setembro de 2006, 10:21:38 »
Andava eu á busca de outra cena, quando dei com este artigo, que acho interessante par nós do sexo masculino que pedalamos.

Texto transcrito de http://www.saudenarede.com.br/?p=av&id=Andar_de_Bicicleta_pode_causar_impotencia

Andar de Bicicleta pode causar impotência
Artigo sobre Energia




Excesso de bicicleta pode afectar circulação e impedir a ereção


A prática prolongada do ciclismo pode exercer uma pressão sobre a anatomia masculina capaz de causar a impotência

Christine Gorman
Revista Time
Em Washington (EUA)

Vamos chamá-lo de Joe. Assim como muitas outras crianças, ele aprendeu a andar de bicicleta quando tinha 5 ou 6 anos. Aos 20, Joe estava praticando o ciclismo durante cerca de 10 horas por semana ou mais. Então, ele passou a notar uma dormência desconfortável nas suas parte genitais que ocorria de vez em quando, particularmente depois de ter efetuado longos percursos. Mas Joe não deu muita importância para esse fato, até o momento em que ele começou a enfrentar problemas na hora de manter uma ereção.

Uma consulta com um especialista em urologia confirmou que a impotência de Joe era essencialmente um problema de natureza física -o sangue não estava fluindo de maneira satisfatória dentro do seu pênis. Será que os anos que ele dedicara à prática da bicicleta poderiam ter alguma coisa a ver com isso?

"Com toda certeza", responde o médico que acompanha o caso de Joe, o doutor Irwin Goldstein, um professor de urologia e de ginecologia na Escola de Medicina da Universidade de Boston (Massachusets). Desde 1997, Goldstein vem alertando os ciclistas para o fato de que ficar sentado durante horas no assento de uma bicicleta pode causar uma forte pressão sobre o períneo, a região do corpo situada entre o ânus e o osso púbico, suficiente para danificar de maneira permanente a artéria que conduz o sangue até o pênis.

A partir de um estudo realizado sobre várias centenas de homens num clube ciclista de Boston, Goldstein chegou à conclusão de que um número não inferior a 4% dos ciclistas homens pesquisados apresenta problemas de impotência causados pela prática do esporte.

Uma nova evidência da provável relação entre a prática da bicicleta e a impotência está sendo divulgada nesta semana pelo Jornal de Andrologia. Um estudo de proporções reconhecidamente modestas examinou 17 policiais encarregados de fazer rondas de bicicleta e comparou a intensidade da pressão exercida por diversas partes de seus assentos com a quantidade e a duração de suas ereções durante o seu sono. Aqueles que andavam com mais freqüência de bicicleta e que, portanto, eram sujeitos a uma pressão mais pronunciada sobre a região do períneo, tiveram ereções em menor quantidade e mais curtas.

"Ao que tudo indica, a parte da frente do assento, isto é, o 'nariz' da bicicleta é a causadora do principal problema", afirma o autor que conduziu o estudo, Steven Schrader, um especialista em fisiologia da reprodução no Instituto Nacional de Segurança e Saúde Profissional.

Mas, antes que você resolva optar definitivamente entre a sua bicicleta e a sua vida amorosa, é preciso considerar que as evidências encontradas ainda são os resultados de estudos preliminares. "Acho que se trata de uma questão legítima", reconhece Martin Resnick, médico e professor catedrático no departamento de urologia na Universidade Case Western Reserve em Cleveland, no Ohio. "Mas precisamos de uma maior quantidade de dados para chegarmos a uma conclusão mais clara". Outros fatores também podem ser levados em conta, tais como a combinação da bicicleta com a sua anatomia específica e a maneira com a qual o usuário costuma pedalar.

Mesmo se os assentos de bicicletas causam efetivamente problemas, a solução não é necessariamente evidente. Irwin Goldstein é categórico em relação ao fato de que o "nariz" do assento deveria ser eliminado. Contudo, segundo Roger Minkow, um médico cuja profissão é projetar assentos de bicicletas e outros acessórios, a supressão do nariz poderia tornar mais difícil manter o controle sobre a bicicleta.

Na realidade, ao proporcionar ao ciclista alguma base sobre a qual apoiar o peso do seu corpo, o nariz o ajuda de fato a dirigir e a manter o equilíbrio. Nesse sentido, a solução apresentada por Minkow é simples: ele projetou uma fenda sobre o assento que, segundo ele, reduz a pressão sobre a região do períneo, o bastante para restaurar o fluxo sangüíneo.

Enquanto esse projeto não vê a luz do dia, não custa nada checar as
novidades no campo dos assentos de bicicleta ergonômicos. Além disso, sempre verifique se a sua bicicleta está mesmo adaptada de maneira correta ao seu torso. Com efeito, o movimento que consiste em se inclinar para frente durante um período de tempo prolongado aumenta a pressão sobre a região do períneo. (As mulheres têm também uma região do períneo, e algumas ciclistas têm se queixado de problemas geniturinários.)

Os especialistas também recomendam: não esqueça de se levantar do assento de vez em quando, ficando de pé sobre os pedais; esse movimento fará com que a pressão sobre a região do períneo seja interrompida. Ou ainda, vale tentar utilizar uma bicicleta que oferece uma posição deitada.

Em todo caso, nunca menospreze os sintomas de um adormecimento da região genital. O seu corpo pode estar tentando lhe dizer alguma coisa importante.

Tradução de Jean-Yves de Neufville 
« Última modificação: 22 de Janeiro de 2007, 23:04:04 por HugoCarvalho »
"I have been told to thank the Lord
For all that He will send,
But if death should come to meet me
Must I greet him as a friend?"

Offline Britchenko

  • Sonha com o Projecto
  • *****
  • Mensagens: 2688
  • Karma: +162/-1
  • Sexo: Masculino
    • britchenko.blogspot.com
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #1 em: 26 de Setembro de 2006, 11:50:36 »
Bom post Biculas!!!

Um assunto muito sério, para todos nós merece muita atenção e principalmente muita desmistificação.

Gostaria apenas de chamar a atenção para o facto de a maior parte dos artigos que se encontram na Net dizerem respeito em particular ás bicicletas de estrada e que normalmente segundo me parece têm tendência a desenvolver num grau muito maior os problemas descritos, aliás o artigo abaixo refere mesmo que para aliviar os sintomas poderão ser usadas bicicletas de montanha como alternativa, revelando assim que á partida estaremos menos sujeitos a este tipo de problemas.
As dicas abaixo tambem me pareceram uteis.
No entanto, o "perigo" é real e toda a informação é bemvinda, desde que cientifica e não com propositos alarmistas.
Ressalvo que o artigo já foi escrito á bastante tempo e é notório que os conselhos em particular sobre os selins poderiam ser mais completos e actuais, no entanto tem alguns pontos que me pareceram pertinentes dai a sua divulgação.

Um papo sério
sobre o “orgão”


Texto Gary Legwold/ Bicycling (publicado em outubro 1992)
Fotos renata Falzoni

http://www.nightbikers.com/images/orgao.jpg
 http://www.nightbikers.com/images/orgao2.jpg

Esta “pressão” que existe na próstata
é um alerta para você não ficar pedalando
muitas horas numa mesma posição, que geralmente acontece com bikers que utilizam
road bikes (speed).
Uma das vantagens da prática do mountain bike
é que, numa trilha o biker passa boa parte do percurso fora do selim, o que diminui a “pressão”.
Tente fazer isso quando estiver andando
no asfalto ou nas "road bikes".

Entretanto, a maioria das situações incômodasa que os ciclistas estão sujeitos é inofensiva. Por outro lado, qualquer problema envolvendo uma área tão sensível, por menor que seja (o problema, não a área), pode ser desconfortável e alarmante. Por isto, tenha em mente algumas simples precauções que podem evitar muitos probleminhas e solucionar outros tantos. Afinal, bike e sexo não são água e óleo. Cientistas, e muitos ciclistas sorridentes, acreditam que pedalar pode melhorar o desempenho sexual. Mas antes de celebrar este fato, vamos dar uma olhadinha em alguns problemas aos quais o ciclista está sujeito.


Pênis dormente – A próstata, glândula cujos músculos contraídos ajudam o pênis a expelir o sêmen durante a ejaculação, encontra-se entre o escroto e o ânus - a área de maior contato com o selim, já que fica somente um dedo de distância do assento quando estamos sobre a bicicleta. A constante proximidade com o selim pode machucar a próstata, que pressiona os nervos perineal, dorsal e pudental (que terminam no pênis), causando a dormência. Se você pára de andar, este estado desaparece em menos de uma semana sem efeitos colaterais. Uma solução simples para evitar este problema é levantar-se apoiando o peso sobre os pedais, ou dividir o peso deslocando o ponto de apoio no selim. Fazendo isto a cada 30 minutos pode-se pelo menos minimizar a pressão, que faz inflamar a próstata. Tome cuidado com a posição que seu aero* o força a tomar. Se você só está começando com este modelo, vá devagar. Ande entre 15 e 25 minutos na posição aero e depois gaste o mesmo tempo na postura normal, antes de mudar de novo. Até mesmo os mais experientes deveriam mudar de posição pelo menos uma vez a cada hora. Também o movimento das pernas e dos quadris durante a pedalada pode, em certos casos, criar uma forma indireta de massagear a próstata. Quando isso acontece, a glândula emite fluídos. Não é uma ejaculação (nenhum esperma é liberado pelos testículos), somente uma descarga viscosa do líquido lubrificante da próstata. A solução para este incoveniente resume-se em reduzir a pressão do líquido na próstata, o que você consegue com mais masturbação ou mais relação sexual!!! Difícil, né?

Trauma testicular – Apesar dos ciclistas golpearem os testículos de um lado para o outro, batendo os contra o selim, eles não são prejudicados. Isto graças ao uso de shorts especiais que compactam e protegem a “bagagem”. Num caso de acidente, esse mesmo short justo pode ser prejudicial, uma vez que o escroto, impossibilitado de mover-se livremente, fica mais vulnerável.

Impotência e Infertilidade – Este é o maior, o avô, de todos os medos: pode o ciclismo acabar com a virilidade? Sim, especialmente se você considera a mais conhecida definição de impotência como inabilidade de manter uma ereção mutuamente satisfatória para ambas as partes. Numa relação heterossexual, este termo tão abrangente pode tanto ser usado quando o homem não consegue uma ereção como quando mantém o pênis ereto mas não suficiente para a penetração. Logo, tecnicamente, todos os problemas até agora discutidos podem levar a impotência, que é tratável e quase sempre temporária. Estas condições afetam a maioria dos homens em algum momento da vida, mas o ciclismo é a causa menos comum, creia.

Infertilidade é diferente: refere-se à inabilidade de conceber (15% dos casais em idade de conceber são estéreis). As evidência ainda não saíram da prancheta, mas alguns cientistas sabem que, sob certas condições, o ciclismo, como qualquer outro esporte de resistência pode reduzir o nível de testosterona, hormônio responsável pelo desenvolvimento do esperma. Mesmo assim, nenhuma evidência nítida liga o ciclismo moderado à infertilidade. A queda provocada por aumento de exercício é temporária. O nível de testosterona volta ao normal após uma emana de descanso ou diminuição da carga de exercício. Muitos médicos e pesquisadores estimam que somente uma pequena porcentagem de homens ciclistas pedalam duro ou por muito tempo a ponto de comprometerem seus pênis, ficarem impotentes ou sofrerem algum outro horror aqui discutido. Além disto, o ciclismo moderado pode melhorar o desempenho sexual. Afinal, os desportistas geralmente têm melhor circulação, sono, dieta e flexibilidade, podendo elevar o nível de endorfina (um dos hormônios responsáveis pela sensação de leveza e euforia em pleno regime de esforço, no caso). Em seu livro “The Exercise Habit” James Garvin, psicólogo do esporte, apresenta levantamentos que demonstram que as pessoas querem (e têm) mais sexo quando se exercitam, e que mantêm a atividade sexual até uma idade avançada. Segundo Gavin, “centenas de estudos mostram que exercícios aumentam a auto-estima”, o que, por sua vez, ajuda a melhorar o sexo. Então, pedale com confiança e lembre-se de respeitar também o seu sistema reprodutor.

QUATRO DICAS
para aliviar a pressão da próstata


( 1 )
Suba a base do guidão, alguns milímetros.
Isto propicia uma postura mais ereta na bike.

( 2 )
Empurre o nariz do selim pouca
coisa para baixo.

( 3 )
Mude para um selim maior. Enchimentos de gel ou espuma também ajudam. Ou então passe pelo preconceito e encare um selim feminino da Terry ou Miyata. Estes selins são maiores que os modelos masculinos e tanto têm buraco no meio (Miyata) como um nariz macio e flexível.

( 4 )
A solução mais drástica, seria só pedalar uma mountain bike ou uma híbrida. Elas oferecem maior proteção contra impacto e seu guidão reto ajuda a criar uma postura mais ereta, o que não sobrecarrega tanto a próstata.

*aero: posição na utilizada em bikes de estrada (as road bikes) geralmente estas bikes tem um guidão que possibilida ficar em duas posições, esta “aero”e a “ereta”.

in: http://www.nightbikers.com/bicicleta/orgao.htm


Mais um "testamento", mas parece-me que se chegaram até aqui no futuro darão por bem empregue o tempo que perderam.  o_0


Aquele Abraço

_egip
Britchenko
 

 
« Última modificação: 26 de Setembro de 2006, 11:53:56 por Britchenko »
O meu pai sempre me disse: Filho não vás por maus caminhos!!!! ... e agora é o que se vê!!!

Offline ZéLuz

  • Dinamizador de pedaladas
  • Sonha com o Projecto
  • *****
  • Mensagens: 8804
  • Karma: +204/-2
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #2 em: 26 de Setembro de 2006, 11:57:28 »
E se perceberam o que foi escrito atrás constatam que é mais um ponto importantíssimo, senão decisivo, para as molinhas...  _666_

E já aderi! E tu continuas de HT? Coitada da Maria...  :biggrin:  ROFL  ROFL

Offline Biculas

  • Sonha com o Projecto
  • *****
  • Mensagens: 3179
  • Karma: +95/-3
  • Sexo: Masculino
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #3 em: 26 de Setembro de 2006, 12:06:40 »
Pois eu também ando de FS. Ah! Já agora, o Armstrong é casado? Tem filhos?  ROFL  ROFL  ROFL  ROFL  ROFL
"I have been told to thank the Lord
For all that He will send,
But if death should come to meet me
Must I greet him as a friend?"

Offline americo

  • Descobriu o Halibut
  • ***
  • Mensagens: 244
  • Karma: +3/-0
  • Sexo: Masculino
  • Default personal text
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #4 em: 26 de Setembro de 2006, 12:30:58 »
Boas

Assunto muito sério.

Andar de bicicleta pode causar problemas de saúde nomeadamente ao nivel da prostata mas atenção que isso é referente a pessoas que têm já tendência para ter problemas na prostata. Como sabemos a partir dos 40 anos os homens podem vir a ter problemas urinários, de ejaculação e mesmo impotência (pouco usual esta última)  devido ao aumento do volume da prostata.
O ciclismo pode agravar um problema já existente, mas não quer dizer que o ciclismo por si só seja a causa do problema.

O ciclismo não provoca impotência, problemas urinários e outras causas derivadas do deficiente funcionamento da prostata. Os factores que mais contribuem para esses problemas na próstata é:

TABACO
ALCOOL
CAFÉ
BEBIDAS GASEIFICADAS COM AÇUCAR

Admira-me que sistemáticamente estejam a bater sempre no mesmo assunto quando de antemão os médicos sabem que praticar desporto com peso e medida (cuidado) só pode e faz bem á saúde. O Btt e o ciclismo em geral encaixam-se perfeitamente neste quadro.

Quem tem problemas de coluna não faz (não deve fazer...) atletismo (corrida) porque as pancadas dos pés no piso, a correr, provoca mais dores e problemas á coluna.

Quem tem problemas respiratórios não deve fazer natação porque é um desporto que além do esforço fisico necessita de uma coordenação quase perfeita ao nivel da respiração (inspirar e expirar em natação pode siginifcar vida ou morte).

Quem tem problemas de prostata tem de ter muito cuidado com a pratica do ciclismo porque o selim pode ser uma causa do agravamento de uma situação pré existente.

Fico bastante apreensivo quando oiço estas barbaridades sobre a possivel causa de impotência e a prática do ciclismo porque ela não tem fundamento. Tem fundamento se me disserem que as pessoas que praticam ciclismo (nas suas variadas vertentes) não têm cuidado e provocam elas próprias situações de risco para a sua saúde ao praticar ciclismo.

Se é um factor de risco para quem já tem problemas?
Acredito...

Se o ciclismo provoca, ele próprio, problemas graves de saúde a este nivel aqui tratado?
Se a pessoa for saudável, acredito que não.

Um abraço

Américo Ribeiro


 
 
KONA Kikapu
Nº Série: H4N14730
Ano: 2005

Offline ZéLuz

  • Dinamizador de pedaladas
  • Sonha com o Projecto
  • *****
  • Mensagens: 8804
  • Karma: +204/-2
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #5 em: 26 de Setembro de 2006, 12:39:46 »
47 dias depois o Américo volta a contribuir com um mensagem muito sábia.  _cool_  _tasse

Realmente o aparecimento periódico deste tipo de "estudos" já só me dá para o gozo... não consigo levá-los a sério.  _red Felizmente alguém põe ordem nisto...  :biggrin:

Welcome back Américo.  _tasse

Offline Biculas

  • Sonha com o Projecto
  • *****
  • Mensagens: 3179
  • Karma: +95/-3
  • Sexo: Masculino
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #6 em: 26 de Setembro de 2006, 13:41:51 »
Desculpa américo, mas não é bem assim, está provado que certos desportos, provocam certas doenças.
Podemos ter uma prostata saudável, mas se lhe dermos porrada, pode deixar de ser saudável, não é uma que stão de acreditar ou deixar de acreditar, é um facto, e contra factos, não há argumentos.

Por exemplo, eu a nivel de sistema imunitário, sempre fui saudável, e agora aos 31 anos desenvolvi uma doença Auto-Imune, chamada Vasculite Leucócitoclástia, que os médicos dizem ter sido provocada por um factor qualquer, só não sabem qual.

Ninguém nasce com tendinites, no entanto é um dos maiores problemas dos atletas e futebolistas.
"I have been told to thank the Lord
For all that He will send,
But if death should come to meet me
Must I greet him as a friend?"

Offline ZéLuz

  • Dinamizador de pedaladas
  • Sonha com o Projecto
  • *****
  • Mensagens: 8804
  • Karma: +204/-2
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #7 em: 26 de Setembro de 2006, 14:09:39 »
É uma regra universalmente aceite: tudo o que é em excesso pode saber bem mas faz mal...

Pedalar por pedalar (sem excesso) em geral não origina problemas na próstata, pode é contribuir para o avanço desse problema... caso não se ande de FS, claro...  o_0

Offline americo

  • Descobriu o Halibut
  • ***
  • Mensagens: 244
  • Karma: +3/-0
  • Sexo: Masculino
  • Default personal text
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #8 em: 26 de Setembro de 2006, 14:18:15 »
Desculpa américo, mas não é bem assim, está provado que certos desportos, provocam certas doenças.
Podemos ter uma prostata saudável, mas se lhe dermos porrada, pode deixar de ser saudável, não é uma questão de acreditar ou deixar de acreditar, é um facto, e contra factos, não há argumentos.

Bem se formos por esse caminho, fumar provoca impotência e cancro no pulmão, beber alcool provoca cirroses, teclar frente ao computador provoca sindroma carpal e fadiga visual, atravessar fora das passadeiras provoca acidentes, andar de bicicleta na estrada com carros provoca feridos e mortes...
(tiras conclusões precipitadas de dados que tomas como certos)

Certos desportos provocam certas doenças ou mazelas já sabemos mas afirmar categoricamente que o ciclismo provoca impotência é tirar conclusões precipitadas de estudos (estudos?) onde os dados podem estar incorrectos.

Se me disseres que os mineiros têm tendencia a ter doenças profissionais acredito, se me disseres que os alpinistas têm tendencia para ter artroses acredito, se me disseres que os nadadores quando param têm tendencias para engordar em demasia concordo, se me disseres que os futebolistas têm tendencias para ter lesões atrás de lesões nas pernas acredito.

Agora consegues afirmar categóricamente que um selim (não a bicicleta!) provoca impotência???
Já sabemos que pode ser uma causa (mais uma entre tantas) para provocar problemas prostáticos mas afirmar que provoca mesmo de certeza absoluta é tirar conclusões apressados de dados onde não conheces como foi efectuado esse estudo.
Imagina que este estudo sobre a impotência sobre o selim incidiu  numa população de individuos que tinham têndencia para problemas da prostata???

E para tua informação já existem selins que diminuem e muito o risco (RISCO!) de "contrair" ou agravar (prefiro agravar) doenças da prostata.

Dizer que a bicicleta provoca impotência/problemas próstáticos é o mesmo que dizer que o Islão provoca o terrorismo, conclusões precipitadas e totalmente descabidas...

Um abraço

Américo Ribeiro
« Última modificação: 26 de Setembro de 2006, 14:21:45 por americo »
KONA Kikapu
Nº Série: H4N14730
Ano: 2005

HugoCarvalho

  • Visitante
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #9 em: 26 de Setembro de 2006, 14:19:20 »
E se perceberam o que foi escrito atrás constatam que é mais um ponto importantíssimo, senão decisivo, para as molinhas...  _666_
E já aderi! E tu continuas de HT? Coitada da Maria...  :biggrin:  ROFL  ROFL

Aí é que está o erro! O pessoal que anda de FS, tem a tendência a andar mais tempo sentadinho no selim a sentir a molinha a bater no buraquinho, na pedrinha.... _666_ _666_ _666_  e depois lixam-se... :laugh: enquanto que a grande maioria do pessoal que utiliza HT, adopta várias posições enquanto pedalam, uma delas, pedalar em pé que para este assunto é extremamente importante... _666_ _666_ :laugh:

É de facto mais um excelente tópico! E faço minhas as palavras do americo que vieram pôr um pouco de água à fervura...

O nome deste tópico é: Andar de Bicicleta pode causar impotência.

Enquanto não me disserem que o cilclismo causa impotência... o00o

Tal como praticar halterofilismo pode causar hernias discais...

Tal como praticar boxe pode causar cegueira...

Tudo isto tem a sua lógica, tal como texto que biculas aqui expôs! No entanto e como disse muito bem o américo, muitos outros problemas podem já vir de trás e esses sim, provavelmente mais importantes que o facto de praticar desporto...

Já tinha conhecimento do artigo e por ter a sua lógica, já há algum tempo que adopto algumas medidas preventivas tais como:

- Utilização de um selim com fenda;

- Inclinação do bico do selim ligeiramente para baixo;

- Levantar o c* do selim (não aplicável a meninos das molinhas :laugh:) e alternar com outras posições a pedalar, como pedalar em pé;

- E por fim, a medida mais importante de todas: sexo regularmente, principalmente depois das pedaladas... :biggrin:

Cumprimentos betetistas

Hugo Carvalho

Offline Marco

  • Sabe quem é o Octalink
  • ****
  • Mensagens: 434
  • Karma: +6/-0
  • Sexo: Masculino
    • Fotos BTT
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #10 em: 26 de Setembro de 2006, 14:31:28 »
É verdade que pode causar impotencia, mas tal como muitos já disseram é tentarmos minimizar essas hipoteses, ou seja selim, posição de pedalada, etc.

Off-topic: Quanto ao Armstrong, já foi casado e tem filhos  o_0

Aí é que está o erro! O pessoal que anda de FS, tem a tendência a andar mais tempo sentadinho no selim a sentir a molinha a bater no buraquinho, na pedrinha.... _666_ _666_ _666_  e depois lixam-se... :laugh: enquanto que a grande maioria do pessoal que utiliza HT, adopta várias posições enquanto pedalam, uma delas, pedalar em pé que para este assunto é extremamente importante... _666_ _666_ :laugh:

Ai que este menino anda distraído, sim é verdade que a FS ajuda no que toca a este problema pois as pancadas são minimizadas, mas quanto ao pessoal das FS gostarem de andar "a sentir a molinha a bater no buraquinho, na pedrinha"  _naaa _naaa, nem vale a pena comentar pois a molinha minimiza, mas sentes na mesma  o_0

HugoCarvalho

  • Visitante
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #11 em: 26 de Setembro de 2006, 15:05:46 »
a molinha minimiza, mas sentes na mesma  o_0

Por isso mesmo... ROFL

Mas Marco, tu és um caso diferente... :laugh: :laugh: Mas acredita que anda por aí muito adepto da molinha que não levanta o rabinho do selim e apesar de existirem molinhas a pressão contínua a existir na região períneal... :laugh: :laugh:

Cumprimentos betetistas

Hugo Carvalho

Offline Biculas

  • Sonha com o Projecto
  • *****
  • Mensagens: 3179
  • Karma: +95/-3
  • Sexo: Masculino
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #12 em: 26 de Setembro de 2006, 15:10:42 »
Eu sou um daqueles que raramente levanta a pêda do selim, para já porque me provoca mais dores na coluna e também porque subo melhor sentado, daí ter optado por uma FS, pelo menos minimiza o choque tanto na coluna, como na zona perineal.

Abraços

Biculas
"I have been told to thank the Lord
For all that He will send,
But if death should come to meet me
Must I greet him as a friend?"

HugoCarvalho

  • Visitante
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #13 em: 26 de Setembro de 2006, 15:23:55 »
Eu sou um daqueles que raramente levanta a pêda do selim, para já porque me provoca mais dores na coluna e também porque subo melhor sentado, daí ter optado por uma FS, pelo menos minimiza o choque tanto na coluna, como na zona perineal.

Sim... mas a pressão na região períneal continua a exisitir como deves estar de acordo... o00o o00o

Falaste no teu caso específico mas na maioria dos casos que conheço, pedalar em pé não só alívia e corrige a posição "viciada" da coluna quando se pedala sentado como também, trabalha de uma maneira muito mais completa, todos os músculos dos membros inferiores...

Para além de aliviar ou melhor de alternar a posição dos membros superiores e pulsos...

Cumprimentos betetistas

Hugo Carvalho

Offline Pedrosa

  • Moderador
  • Todos os seus links começam por BTT
  • *****
  • Mensagens: 1341
  • Karma: +87/-0
  • Sexo: Masculino
Re: Andar de Bicicleta pode causar impotência
« Responder #14 em: 26 de Setembro de 2006, 15:24:19 »
Eu sou um daqueles que raramente levanta a pêda do selim, para já porque me provoca mais dores na coluna e também porque subo melhor sentado, daí ter optado por uma FS, pelo menos minimiza o choque tanto na coluna, como na zona perineal.

Abraços

Biculas

Desculpas...

És é um grande preguiçoso
 ROFL  ROFL

Cumprimentos
Pedro Pedrosa